F1 – Smedley: “Pneus surpreenderam a Mercedes na Hungria”

quinta-feira, 30 de julho de 2015 às 14:36

Sebastian Vettel

A surpreendente derrota da Mercedes por Sebastian Vettel e Ferrari no GP da Hungria aconteceu porque a equipe alemã não entendeu o comportamento dos pneus, avalia Rob Smedley da Williams.

Depois de ficar com toda a primeira fila, a Mercedes esperava controlar a corrida, mas Vettel ultrapassou os dois carros na largada e teve ritmo para se afastar na liderança.

Teria sido uma dobradinha para a Ferrari se Kimi Raikkonen não tivesse uma falha no MGU-K, enquanto a Mercedes – ainda mais prejudicada por incidentes – não conseguiu chegar ao pódio.

Smedley, cuja equipe teve dificuldades na corrida, disse: “Fiquei surpreso, a Ferrari estava particularmente rápida. Se olhar para o ritmo de todos na sexta-feira e, em seguida, o ritmo no domingo, fomos numa direção e ela numa outra direção”.

“Falando sobre pneus, claramente a Ferrari era mais rápida do que a Mercedes na maioria dos pontos na corrida. Na classificação não foi o caso”.

“Não que isto deva ser um fator atenuante, mas não se podia entender com clareza os pneus. A Mercedes não deve tê-los interpretado bem na Hungria”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.