F1 – Smedley: Motores estão praticamente iguais em potência.

terça-feira, 14 de junho de 2016 às 12:39
Ferrari, Red Bull e Williams

Ferrari, Red Bull e Williams

A Fórmula 1 está perto da paridade entre as suas quatro fabricantes de motores, de acordo com o chefe de desempenho da Williams Rob Smedley.

A Mercedes arrancou na frente sobre suas rivais quando os híbridos V6 de 1.6 litros foram introduzidos na temporada de 2014.

Mas a Ferrari fez claras melhorias no ano passado, a Renault tem feito este ano e a Honda também está diminuindo a diferença depois de começar um ano atrasada.

“Na classificação, não há uma grande diferença e isso é muito evidente”, disse Smedley. “Se só olharmos para a velocidade máxima, não há diferença, seja com auxílio de vácuo ou não, com DRS ou não, que estamos habituados a ter”.

“Há muito mais paridade entre os melhores carros”.

A Honda tem tido dificuldades com a potência e confiabilidade desde que voltou no ano passado, mas Smedley acredita que não está tão longe como muitos pensam.

“Todo mundo está se aproximando”, disse ele. “A Honda tem um caminho maior a percorrer, pois entraram com um ano de atraso. Essa diferença não é tão grande como algumas pessoas querem fazer crer”.

“Mas, certamente, entre a Mercedes, a Ferrari e o motor Renault, existem diferenças, mas são razoavelmente pequenas”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.