F1 – Silverstone vê saída de Ecclestone como um impulso

terça-feira, 31 de janeiro de 2017 às 12:47
Silverstone

Silverstone

Silverstone está parecendo mais esperançoso sobre um futuro no calendário da Fórmula 1, nos dias após Bernie Ecclestone perder seu lugar como o executivo principal da categoria.

Ecclestone era notoriamente duro em negociar com os promotores europeus, enquanto seu sucessor Chase Carey diz que as conversações de novos contratos não estão nas agendas, e deixou claro que a Grã-Bretanha deve fazer parte do campeonato mundial.

Recentemente, o circuito de propriedade do British Racing Drivers’ Club (BRDC) avisou que poderia usar uma cláusula de saída e parar de hospedar a corrida após 2019.

“Temos de olhar para diferentes fluxos de receita, olhar para um contrato diferente do que temos no momento para estender além de 2019”, disse o presidente do BRDC, Derek Warwick.

Warwick disse ao Guardian: “Haverá um caminho, porque a Liberty não quer perder Silverstone e o GP da Grã-Bretanha e nós não queremos perdê-lo: tem que haver um meio termo para todos nós”.

Warwick sugeriu que sua confiança foi renovada devido à partida de Ecclestone e à chegada da nova administração da F1, incluindo Carey e também o ex-chefe de equipe de F1 Ross Brawn.

“Estamos entusiasmados com a mudança de gestão”, disse Warwick. “Nós não pensamos que nossa taxa mudará, consequentemente temos que encontrar uma maneira melhor para aumentar nossa receita”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.