F1 se divide sobre ponto para a volta mais rápida

sexta-feira, 15 de março de 2019 às 11:53

Max Verstappen

Figuras do paddock de F1 comentaram a nova regra que concederá um ponto extra ao piloto que fizer a volta mais rápida de cada corrida. A partir de 2019, se um piloto terminar entre os dez primeiros, ele receberá um ponto extra se também fizer a volta mais rápida da corrida.

“Isso beneficiará mais o terceiro carro mais veloz”, afirmou um estrategista da revista alemã Auto Motor und Sport. “A diferença para o meio do grid é normalmente tão grande que eles podem fazer uma troca extra de pneus sem prejudicar o resultado”.

De fato, Max Verstappen, da Red Bull, disse à Servus TV que está ansioso para perseguir pontos extras. “Isso pode significar muitos pontos”, declarou o holandês. “Cinco ou seis voltas mais rápidas são cinco ou seis pontos extras”.

O Dr. Helmut Marko também deu as boas-vindas, dizendo sobre a iniciativa: “Isto é o que rende táticas diferentes”.

No entanto, o responsável da equipe Alfa Romeo, Beat Zehnder, afirmou que o ponto de volta mais rápida não é muito interessante para a equipe, porque as outras do meio do grid estão “muito próximas” umas das outras.

A mudança também pode dar uma vantagem à Ferrari, graças às equipes satélites Alfa e Haas. “Imagine só, um piloto da Mercedes tem a melhor volta. A Ferrari não pode se arriscar a um pit stop extra, mas a Haas ou a Sauber podem ser solicitadas a dar pneus novos aos pilotos para tirar o ponto da Mercedes”, explicou um chefe de equipe.

“A Mercedes também poderia fazer o mesmo com a Racing Point ou o Red Bull com a Toro Rosso”, finalizou.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.