F1 – Sauber nega a tentativa de chamar a atenção em Jerez

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 às 17:20

Marcus Ericsson

A Sauber não estava correndo com pouco combustível numa tentativa de chamar a atenção, insiste Marcus Ericsson.

Felipe Nasr colocou a Sauber no topo no terceiro dia de testes, enquanto os seus pilotos ficaram em segundo lugar atrás da Ferrari em todos os outros dias.

Em cada ocasião, o tempo da Sauber veio com pneus macios, mas na quarta-feira a melhor volta de Ericsson foi feita após onze voltas, indicando uma carga de combustível maior.

Perguntado o quanto a Sauber estava mostrando esta semana, Ericsson respondeu: “Nós temos um pouco de margem, para ser honesto, o que é positivo”.

“Tivemos um bom teste. Tem sido muito positivo que todos os dias temos feito muitas voltas e não tivemos problemas com o carro”.

A Sauber não conseguiu marcar nenhum ponto pela primeira vez em sua história em 2014, mas Ericsson disse que os defeitos aparentes do C33 do ano passado – que ele testou em Abu Dhabi durante o inverno – pareciam ter sido corrigidos.

“É difícil dizer, porque estou vindo de um Caterham e este é um passo muito grande”, ele disse. “Mas comparando com o carro que testei em Abu Dhabi, houve melhorias”.

“Também acho que a Ferrari melhorou a unidade de potência em comparação com Abu Dhabi. Mas ainda temos que esperar e ver o que os outros têm”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.