F1 – Sauber: Manobra de Magnussen foi “extremamente perigosa”

segunda-feira, 8 de outubro de 2018 às 10:30

Charles Leclerc e Kevin Magnussen

Frederic Vasseur, chefe da Sauber, apoiou Charles Leclerc ao chamar a controversa manobra de Kevin Magnussen no GP do Japão de “extremamente perigosa”.

Leclerc bateu na traseira do carro de Magnussen na reta dos boxes no começo da prova quando tentou passar o piloto da Haas.

Magnussen teve um pneu traseiro furado e abandonou logo depois, enquanto Leclerc precisou trocar seu bico.

Os comissários da FIA consideraram que foi um incidente de corrida porque ambos os pilotos se movimentaram para a direita ao mesmo tempo.

“Do meu ponto de vista, foi bastante óbvio, mas não houve nenhuma penalização”, declarou Vasseur ao site Autosport. “Fiquei um pouco surpreso”.

“Se você der uma olhada, ele está envolvido em todos os grandes acidentes ao longo da temporada. Eu não sou o juiz, a FIA é. Tomar as decisões é responsabilidade deles”.

“A manobra foi extremamente perigosa, ele sempre se movimenta tarde, e um dia nós teremos um acidente grave. Quando você está a 320 km/h, é mais do que perigoso”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.