F1 – Sainz quer mudanças na relargada do carro de segurança em Baku

quarta-feira, 28 de junho de 2017 às 12:19
Carlos Sainz

Carlos Sainz

O piloto da Toro Rosso, Carlos Sainz, pressionou por mudanças nas relargadas do carro de segurança da Fórmula 1 em Baku, pois acredita que criaram uma “situação perigosa” durante a corrida do fim de semana passado.

O GP do Azerbaijão foi marcado por três relargadas de carro de segurança, bem como um período de bandeira vermelha, com colisões e detritos resultantes que levaram a longas interrupções.

Sainz, que terminou oitavo em Baku, disse que as relargadas apresentaram um grande risco de segurança, pois o ritmo inconsistente dos carros líderes na aproximação da linha de chegada prejudicou o pelotão.

“Para mim, provavelmente foi a parte mais perigosa da corrida”, disse Sainz. “Os líderes esperavam até que a linha do carro de segurança começasse, e, ao mesmo tempo, eles estavam indo em velocidade inconstante”.

“Para os caras na parte de trás, ainda estamos nas curvas quando eles estão indo rápido, e há muros e não podemos ver através deles”.

“Então, de repente, estamos indo para a sexta, sétima marcha, e eles estão freando novamente. Para mim foi um pouco perigoso, para o próximo ano eles devem reconsiderar quando o líder é obrigado a acelerar”.

“Eu acho que deveriam apenas colocar uma regra para o líder relargar antes da curva 16 e depois acelerar a partir daí”, continuou Sainz, que também disse que a questão não havia sido levantada na reunião dos pilotos.

“Você não pode ter frenagem, aceleração, frenagem, aceleração o tempo todo, de uma forma tão longa, com as pessoas realmente pensando que estamos indo, de repente acelerando rapidamente e repentinamente freando de novo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.