F1 – Ricciardo não procura o status de número 1 na Red Bull

terça-feira, 10 de julho de 2018 às 12:52

Daniel Ricciardo

Daniel Ricciardo minimizou a ideia de ele buscar o status de número 1 na Red Bull, que esteja atrasando as negociações do contrato, enquanto sugere que “nem todas as portas estão fechadas” em relação ao seu futuro na Fórmula 1.

O piloto da Red Bull sente que uma “interrupção ou má sorte” nas corridas recentes foi como uma distração para suas negociações. Desde sua emocionante vitória no GP de Mônaco, Ricciardo ainda está para voltar ao pódio nas últimas quatro corridas, enquanto confrontou a Red Bull na França e o companheiro de equipe Max Verstappen durante a classificação na Áustria.

Ricciardo insiste que não está buscando o status na Red Bull sobre Verstappen, mas aludiu à recente questão de estagnar seu novo contrato com a F1.

“Não que eu não queira esse [status de número 1], mas eu não preciso disso, tudo bem”, disse Ricciardo. “Obviamente, Max está dirigindo bem, mas eu realmente acho que tem havido coisas todo fim de semana desde Mônaco, o que acaba de ser um pouco perturbador ou um pouco de azar. Como a asa dianteira e tudo mais em Paul Ricard. Apenas me irrita”.

Espera-se que Ricciardo assine um novo contrato com a Red Bull, com as opções em outras equipes secando enquanto ele procura um pacote que lhe permitirá lutar pelos títulos mundiais da F1.

Tanto a Mercedes quanto a Ferrari teriam interesse no piloto australiano, mas a atenção tem esfriado nas últimas semanas, enquanto a McLaren também esteve ligada por um breve período ao piloto.

“Nem todas as portas estão fechadas”, disse Ricciardo sobre seu futuro. “Mas parece cada vez mais provável que as outras equipes de ponta provavelmente permaneçam com suas formações”.

“Eu não tenho os fatos sobre isso, mas você meio que lê nas entrelinhas e sente que isso provavelmente vai permanecer”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.