F1 – Ricciardo: “Em Monza, você tem que estar ligado…”

segunda-feira, 31 de agosto de 2015 às 15:11

Daniel Ricciardo

Apesar da velocidade ser a rainha em Monza, Daniel Ricciardo insiste que como você freia é a chave para ser bem sucedido.

O australiano está ansioso para o GP da Itália, por muitas razões, tanto dentro e fora da pista, mas admite que a concentração desempenha um papel maior na corrida do que em muitos outros circuitos, ironicamente porque o traçado parece mais simples do que os de Spa , Mônaco e Silverstone.

“Monza é menos físico porque, se precisa tomar fôlego, há muitas retas longas onde você pode se recuperar, mas que também podem ser um problema, porque este realmente não é um circuito onde você não pode perder o foco”, ele explicou. “Você chega a zonas de frenagens muito fortes em velocidades muito altas e não pode se dar ao luxo de bloquear ou perder tempo freando muito cedo. Você tem que estar muito ligado”.

“Frear é o grande fator na busca de um bom tempo de volta, desde que fizeram as zebras da chicane muito altas para passar por cima num carro de F1. Desde então, a frenagem se tornou muito importante em Monza e é muito difícil de conseguir fazer isto corretamente”.

“Você chega para a primeira chicane na velocidade mais alta da temporada e freia para uma das curvas mais apertadas na F1, com o menor downforce. O carro começa a derrapar e se torna muito complicado, então frear corretamente é a chave. É também muito bom…”

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.