F1 – Renault quer discutir com a FIA sobre os critérios da superlicença

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015 às 15:21

Fórmula Renault 3.5

A Renault entrou em contato com a FIA em relação aos novos critérios da superlicença da F1 que a entidade revelou no início desta semana.

A fabricante francesa das categorias monopostos – Fórmula Renault 3.5 e 2.0 – foram classificadas abaixo do esperado, com a FR3.5 valendo menos pontos do que a F3 europeia e a FR2.0 classificada abaixo da F4 apoiada pela FIA.

Aparentemente o sistema de pontos da FIA causou surpresa na Renault esta semana, e que a fabricante esteja procurando abrir um diálogo sobre o novo arranjo.

Entende-se também que a FIA contatou fabricantes, incluindo a Renault em dezembro, dizendo que planejava trabalhar em um sistema de pontos de superlicença ao longo de 2015, depois de conversar com várias partes interessadas e importantes nas corridas júnior de monopostos.

A fabricante francesa está agora empenhada em estabelecer se o sistema de pontos revelado no início desta semana está aberto à discussões.

A Renault também escreveu para suas equipes, lhes assegurando que “vamos tomar todas as medidas para defender os nossos campeonatos”.

Uma figura importante de uma equipe de monopostos que corre em várias categorias, disse que estava preocupado com a forma como a FIA tinha chegado a classificação para cada série.

“Isto foi, obviamente, um movimento político”, disse a fonte. “É evidente que eles querem fazer as coisas um pouco mais restritas em termos de número de campeonatos”.

“Caso contrário, não vejo como pode haver tantos pontos de diferença entre a FR3.5 e a GP2. Não há explicação lógica”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.