F1 – Renault não tem medo de ser superada pela McLaren em 2018

quarta-feira, 18 de outubro de 2017 às 12:33

Renault e McLaren

A Renault insiste que não tem medo de ser superada pela McLaren na Formula 1 no próximo ano, na sequência do seu novo acordo de fornecimento de motores.

Depois que a McLaren finalmente perdeu a fé na Honda após três anos de dificuldades, um acordo foi feito e a Toro Rosso trocou de parceiros de motores para 2018.

Cyril Abiteboul, da Renault, admitiu que a perspectiva de fornecer a McLaren trouxe algumas preocupações ao fabricante de automóveis francês sobre potencialmente entregar à um rival forte a oportunidade de ultrapassá-lo em 2018.

Ele diz que conquistou os céticos, explicando que a mudança foi melhor para a equipe de fábrica da Renault.

“Havia algumas preocupações, então era importante explicar também a todos, incluindo internamente e a Enstone, que a filosofia não está mudando”, disse Abiteboul à Autosport.

“Não estamos dando as costas ao fato de que o único objetivo do nosso programa de F1 é posicionar a equipe de fábrica da Renault no mais alto nível”.

“Precisamos pensar em estratégia, precisamos pensar em táticas, e não é segredo que aceitar mudanças no fornecimento de motores criou mais opções – incluindo a opção em Carlos Sainz, que não estaria disponível de outra forma”.

“Agora, acho que todos estão apoiando o porquê estamos fazendo isso, e não temos medo da McLaren”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.