F1 – Renault mostra ceticismo com as regras de 2019

domingo, 3 de fevereiro de 2019 às 9:05

Renault

A Renault está altamente cética em relação aos novos regulamentos aerodinâmicos de 2019, que visam melhorar as ultrapassagens na Fórmula 1.

As mudanças na regra forçaram as equipes de Fórmula 1 a projetar nova aerodinâmica para 2019, com revisões destinadas a melhorar as ultrapassagens através de componentes simplificados – mais notadamente em direção a frente dos carros.

Criadas por Ross Brawn, chefe de esportes da F1, ele sugeriu que o esporte poderia ter uma melhora de 20% por cento na qualidade das ações roda a roda este ano, mas a Renault está entre as várias equipes que expressaram preocupações.

Falando ao Crash.net, o diretor-executivo da Renault, Marcin Budkowski, disse: “No geral, fomos contra essa mudança de regulamentação. Inicialmente, votamos contra e tornamos público porque não acreditávamos que alcançaria os objetivos que pretendiam atingir, que é facilitar as ultrapassagens”.

“Acreditamos que isso vai na direção certa um pouco, mas não achamos que isso vai fazer uma mudança significativa. Sentimos que eram muitos recursos e muito dinheiro, muito trabalho de última hora que tinha que ser feito para um objetivo muito pouco claro”, opinou ele.

“No papel, é a direção certa e parte do trabalho que está acontecendo para 2021 é ao longo de uma linha semelhante. A diferença será menor em termos de desempenho aerodinâmico – se isso vai realmente se traduzir em uma ultrapassagem mais fácil, na nossa opinião, será relativamente pouco, explicou.

“Mas se esse não for o caso e, de repente, tivermos muitos pilotos próximos e sendo ultrapassados, então ótimo, ficaremos felizes com isso. Mas nos dados que vejo no momento, não vejo uma diferença enorme”, concluiu Budkowski.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.