F1 – Renault: Confiabilidade de 2017 não foi suficientemente boa

quarta-feira, 25 de outubro de 2017 às 12:55

Remi Taffin

Remi Taffin, da Renault, aceitou que o fabricante sofreu “demasiados” problemas de confiabilidade em 2017, já que fez um programa de desenvolvimento agressivo.

Nico Hulkenberg abandonou em três das últimas quatro corridas devido a problemas mecânicos, enquanto as equipes clientes Red Bull e Toro Rosso também enfrentaram vários contratempos.

A Renault trouxe peças de desenvolvimento de 2018 para acelerar seu progresso, mas Taffin aceitou que, embora o desempenho tenha melhorado, a confiabilidade foi um problema.

“No decorrer da temporada, fizemos bons passos no desempenho e vimos nossas unidades de potência no pódio”, disse Taffin. “No entanto, sofremos muitos problemas de confiabilidade e é uma área onde nossa atenção está fortemente focada, pois tentamos aumentar continuamente o desempenho também em outros parâmetros”.

“Na pista também, trouxemos certos elementos que são relevantes para a nossa unidade de potência de 2018 à medida que procuramos dar mais um passo à frente”.

“Estamos com quatro meses ocupados antes de vermos os carros de 2018 revelados, como fazemos a cada ano”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.