F1 – Renault amplia prazo para definição do motor da Red Bull

terça-feira, 8 de maio de 2018 às 12:29

Cyril Abiteboul e Christian Horner

A Renault deu à Red Bull um pouco mais de tempo para tomar uma decisão sobre sua fornecedora de motores para a temporada de 2019.

O atual acordo da Red Bull com a Renault expira no final da temporada de 2018 e a equipe já abriu negociações oficiais com a Honda depois que ela começou a fornecer motores à equipe júnior Toro Rosso.

A relação entre a Red Bull e a Renault nem sempre foi saudável, com a Red Bull criticando abertamente o desempenho, com falta de potência e confiabilidade de sua unidade de potência da marca TAG Heuer.

Mas a Renault está aberta para estender sua parceria com a Red Bull e permitiu que eles pensassem mais antes de precisarem de dar uma resposta definitiva antes da próxima temporada.

“Após doze anos juntos, marcados por muitas vitórias, estaríamos prontos para continuar com eles”, disse Cyril Abiteboul à Auto-Hebdo.

“O problema número um é o timing. Não podemos garantir a disponibilidade de um motor Renault para 2019 além de 31 de maio. Fomos legais, demos a eles duas semanas extras”.

A FIA tem que ser avisada até 15 de maio, qual fornecedora de motores cada equipe pretende usar, mas uma extensão pode ser concedida se tanto o corpo diretivo quanto a fabricante concordarem com isso.

A Red Bull declarou abertamente que o desempenho é sua preocupação predominante para as próximas temporadas.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.