F1 – Renault alerta Red Bull sobre troca de fornecedor

Cyril Abiteboul, Helmut Marko e Christian Horner

A Renault alertou a Red Bull que corre o risco de perder a chance de vencer o campeonato mundial de Fórmula 1 nos próximos dois anos se mudar para os motores Honda.

A Red Bull está avaliando suas opções para a próxima temporada, com a decisão de assinar um novo acordo de dois anos com a Renault ou de se juntar à Honda antes do GP da Áustria, em 1º de julho.

Embora a Honda tenha feito um bom progresso durante o inverno, uma atualização que a Renault trouxe para o GP do Canadá neste fim de semana ajudou Max Verstappen a superar as duas sessões de treinos na sexta-feira.

Mas o diretor executivo da Renault, Cyril Abiteboul, pediu que a Red Bull pensasse com muito cuidado sobre a situação de seu motor, insistindo que sua empresa poderia ajudar sua equipe cliente a ganhar o título novamente.

“Eu entendo o que eles estão procurando”, disse Abiteboul à Sky.

“Eles estão olhando para o lado técnico e comercial, porque é claramente diferente permanecer um cliente e parceiro da Renault, em vez de se tornar uma equipe de fábrica com a Honda. É muito diferente e eu aprecio isso”.

“Mas, francamente, no que me diz respeito, eles têm a chance conosco de se tornar campeões mundiais novamente. Não posso dizer para a Honda”.

“Com o que eles têm agora, o que está chegando no carro, e o carro deles que é claramente um ótimo carro, talvez o melhor na pista, eles têm a chance de serem campeões mundiais novamente nos próximos dois anos”.

Embora a Renault tenha enfrentado alguns momentos difíceis com a Red Bull durante a era do híbrido turbo – que incluiu estar à beira de uma separação – Abiteboul acredita que continuar a parceria é a melhor opção para ambos.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.