F1 – Regras sobre penalidades de colisão foram alteradas para 2017

terça-feira, 24 de janeiro de 2017 às 14:47
Kimi Raikkonen e Nico Rosberg

Kimi Raikkonen e Nico Rosberg

Os pilotos da Fórmula 1 não receberão penalidades por colisões em 2017, a menos que seja absolutamente claro quem é o culpado, a FIA confirmou.

A forma como as punições por contato foram distribuídas, tornou-se cada vez mais controversa na última temporada.

Por exemplo, a punição do eventual campeão Nico Rosberg por um leve contato com Kimi Raikkonen, enquanto lutavam no GP da Malásia, foi descrito como um “completo absurdo” por Toto Wolff.

Havia um sentimento crescente de que uma postura tão rígida estava fazendo alguns pilotos menos dispostos a assumir o risco e tentar uma ultrapassagem.

Mas após as discussões na Comissão de F1 e do Conselho Mundial de Automobilismo na semana passada, foi acertado que, a partir de agora, os pilotos só serão punidos por incidentes se forem “inteiramente” culpados pela colisão.

Nas revisões para as regras esportivas para 2017, os comissários foram informados de que serão responsáveis em decidir se querem investigar os incidentes relatados a eles pelo diretor de corrida.

O artigo revisado 38.2 a) afirma: “Fica a critério dos comissários decidir se qualquer piloto envolvido em um incidente deve ser penalizado”.

“A não ser que seja claro para os comissários que um piloto foi total ou predominantemente culpado por um incidente, nenhuma penalidade será imposta”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.