F1 – Regras do congelamento dos motores serão votadas em Sochi

Ferrari

Uma proposta para aliviar as regras do congelamento dos motores na Fórmula 1 passará por uma votação decisiva durante uma reunião das equipes na sexta-feira em Sochi, com a Ferrari minimizando a sugestão da rival Mercedes de que isso poderia aumentar os custos.

“Do ponto de vista das fabricantes, eu trabalho para a Ferrari – e nosso principal negócio é o motor”, declarou Marco Mattiacci, chefe da equipe italiana, ao site Autosport. “A Fórmula 1 também diz respeito à inovação e à melhoria contínua. Portanto, com todos os dólares que investimos em inovação, não faz sentido que não possamos tocar no motor por um ano”.

“Isso (aliviar o congelamento) é uma ideia boa para a mídia, as equipes e todos os acionistas. Olhando da perspectiva das equipes pequenas, se eu tiver a possibilidade de lhes fornecer um motor melhor, elas terão a oportunidade de marcar mais pontos e lucrar mais”.

“Ainda estamos trabalhando no desenvolvimento do motor no momento, apesar de não podermos aplicar as mudanças (durante a temporada), então não consigo ver os custos aumentando. Na verdade, você poderia descobrir que o desenvolvimento do motor seria feito de maneira mais eficiente”.

Mattiacci também deixou claro que o descongelamento dos motores não está sendo perseguido como um meio de reduzir a vantagem da Mercedes. Ele avalia que existe uma chance bastante real da marca alemã ampliar ainda mais seu domínio atual se houver liberdade para todas as fabricantes.

“Se o descongelamento dos motores for aprovado, é uma ótima oportunidade – mas também um grande risco”, disse ele. “Hoje, representa mais risco. A Mercedes pode ter alguma coisa em seu bolso e aumentar ainda mais sua vantagem”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.