F1 – Regra de pneus do Q3 em discussão

quinta-feira, 4 de outubro de 2018 às 12:38

Fórmula 1

A Fórmula 1 está discutindo se deve manter a regra que obriga os pilotos que chegam ao Q3 a iniciar a corrida em pneus usados, após preocupações que aumentam a vantagem das principais equipes.

Todos os pilotos que chegarem à fase final de classificação devem começar a corrida usando os pneus nos quais eles definiram seus tempos de volta mais rápidos no Q2.

Enquanto os pilotos do meio-campo geralmente precisam do pneu mais macio disponível para fazer o Q2, os pilotos da Mercedes, Ferrari e Red Bull, que alcançaram o Q3 nas duas últimas corridas, conseguiram fazer isso usando composto mais duro. Isso colocou os pilotos do meio-campo que alcançaram o Q3 em desvantagem.

O diretor de automobilismo da Pirelli, Mario Isola, disse que houve discussões sobre a abolição da “regra do pneu do Q3” e ele apoia a mudança.

“Vimos algumas corridas em que tivemos chuva na classificação e foi interessante ver as diferentes opções de pneus. Pessoalmente sou a favor. Cria um elemento adicional de estratégia para dar-lhes a liberdade. Não me lembro por que houve essa regra, mas provavelmente vem do passado”.

A regra foi introduzida com o objetivo de variar as estratégias entre as equipes de frente. O diretor da corrida da FIA, Charlie Whiting, acredita que a necessidade permanece e a regra não deve mudar. “Isso foi feito por um motivo que ainda é válido hoje, então não acho que devemos fazer isso”, disse ele.

No entanto, Guenther Steiner, diretor da equipe Haas, acredita que a regra só aumenta a vantagem que as três principais equipes desfrutam no restante do pelotão.

“A intenção de dar às pessoas que não entraram no Q3 a livre escolha de pneus, foi de misturar tudo”, disse ele. “Mas no final ajudou os grandes porque eles podem entrar no Q2 com um pneu mais duro que os ajuda na corrida. Então, novamente, perdemos o objetivo aqui com o que ele deveria fazer”.

“Acho que o maior problema foi o que vimos em Cingapura e Sochi: se você é um dos três primeiros com um pneu mais duro para a corrida e tem uma vantagem de desempenho”, acrescentou. “Você já está um segundo e meio mais rápido, mais a vantagem do pneu, e você é dois segundos e meio mais rápido”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP do Japão de Formula 1 no próximo domingo!

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.