F1 – Red Bull: Honda conseguiu um “bom progresso”

Toro Rosso e Red Bull

A Red Bull diz que está animada com o “bom progresso” que a Honda, sua nova fornecedora de motores na Fórmula 1, vem conseguindo com seu desenvolvimento neste inverno.

“Eles vêm tendo um inverno forte”, declarou Christian Horner, chefe da equipe, em um evento de mídia da Red Bull em Londres.

“A Red Bull Technology está trabalhando com a Honda há 12 meses, tendo fornecido caixa de câmbio e sistema de transmissão para a Toro Rosso. Portanto, estamos vendo sua evolução nos bastidores. Eles estão conseguindo um bom progresso”.

“A estabilidade do regulamento vai ajudá-los. Eles estão mantendo um conceito, e pela primeira vez desde que retornaram à F1, isso continuou de uma temporada para outra sem ser uma folha de papel completamente em branco. Tudo dependerá do que os outros fizeram, mas certamente houve um bom progresso”.

Uma das principais áreas que a Honda precisará melhorar em 2019 é a confiabilidade, com a Toro Rosso tendo enfrentado várias penalizações de motor na temporada passada. Porém, Horner afirmou que não ficará chateado demais se sua equipe for forçada a utilizar componentes extras do motor neste ano.

“Obviamente, é um desafio enorme fazer 21 corridas com três motores”, disse ele. “Nós preferimos ver uma evolução consistente, mesmo se isso significar cumprir uma ou duas punições pelo caminho”.

“Como vimos no ano passado, o impacto das punições nos circuitos corretos por ser mínimo. Desde que haja progresso e a trajetória seja favorável, existe bastante otimismo dentro da equipe e da fábrica, empolgação por trabalhar em colaboração com a nova parceira”.

A Red Bull e a Renault, sua antiga fornecedora de motores, se desentenderam e tiveram um rompimento amargo, mas Horner acredita que o relacionamento com a Honda será mais tranquilo.

“É um cenário bem diferente”, disse ele. “Nós tínhamos um relacionamento de cliente no qual efetivamente estávamos pagando por uma passagem de primeira classe e recebíamos um lugar na econômica. Isso provocou muita frustração. E o gerenciamento da Renault era diferente de quando começamos o relacionamento”.

“Com a Honda, sendo uma verdadeira parceria técnica, há muito mais responsabilidade técnica de ambos os lados ao invés de ser um cenário de cliente/fornecedora. Não estamos esperando uma folha de papel 100% em branco, mas o que nos deixa extremamente confiantes é que o desempenho dará um salto em relação aos últimos anos”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.