F1 – Raikkonen não é punido pelo incidente em Mônaco

domingo, 29 de maio de 2016 às 13:36
Kimi Raikkonen

Kimi Raikkonen

Kimi Raikkonen escapou de uma punição ao continuar a dirigir com seu carro em uma condição perigosa depois de seu acidente no GP de Mônaco.

O piloto da Ferrari bateu nas barreiras no hairpin durante a chuva, quebrando sua asa dianteira e ficando com a mesma presa sob suas rodas dianteiras.

Além de deixar detritos na pista, Raikkonen, com seu carro danificado quase jogou Romain Grosjean contra o muro, e continuou dirigindo lentamente através do túnel antes de parar na chicane para abandonar.

Um comunicado dos comissários disse que “com a asa sob a roda dianteira o piloto não tem controle total do carro”.

No entanto, os comissários, incluindo o ex-piloto de-F1 e vencedor de Le Mans, Emanuele Pirro, aceitaram a explicação de Raikkonen e da Ferrari por que ele não abandonou o carro mais cedo.

“O piloto afirmou que pensou inicialmente que pudesse prosseguir com segurança para os boxes para substituir o bico”, os comissários acrescentaram. “Mensagens de rádio confirmam isso”.

“A equipe aconselhou o piloto que precisava parar o carro o mais rápido possível. O piloto afirmou que queria parar o carro em um lugar seguro e o primeiro lugar disponível era a área de escape (depois do túnel)”.

Raikkonen acrescentou: “A equipe me disse que eu tinha que parar, mas eu já estava no túnel nesse momento. Não podia parar no meio do túnel, então tive que ir devagar e estacionar o carro onde pudesse”.

Quando perguntado se ele viu Grosjean antes de quase colidirem, ele disse: “Claro que não, porque eu tentei fazer a curva, mas não pude porque (a asa) ficou presa”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.