F1 – Quem liderou as penalidades de 2016?

terça-feira, 6 de dezembro de 2016 às 12:21
GP da Alemanha

GP da Alemanha

A Fórmula 1 atualmente administra as infrações de condução através de advertências e pontos de penalidade sobre cada super licença. Mas quem liderou a tabela no final da temporada de 2016?

Se um piloto fizer algo fora da regra em um fim de semana de corrida, eles são relatados para os comissários, que decidirão se devem emitir uma multa, penalidade de grid ou de tempo, enquanto também podem apresentar advertências ou pontos de penalidade.

Qualquer piloto que receber três advertências em uma temporada receberá uma punição de grid de 10 posições para a corrida atual ou seguinte, desde que duas ou mais delas sejam por infrações específicas de condução.

Além disso, se um piloto receber 12 pontos de penalidade ao longo de um período de 12 meses, sua super licença será suspensa por um evento, antes de todos os pontos serem anulados e o processo recomeçar.

Começando com advertências, Lewis Hamilton e Carlos Sainz receberam duas em 2016.

Enquanto isso, Sebastian Vettel, Nico Rosberg, Marcus Ericsson, Felipe Massa, Kevin Magnussen, Max Verstappen, Valtteri Bottas, Rio Haryanto e Pascal Wehrlein todos receberam uma cada.

As advertências cobrem delitos menores, com Hamilton penalizado no Bahrain depois de dar marcha à ré no pitlane e na Rússia, ao passar por fora de uma marcação e voltar à pista.

Como um lembrete, todas as advertências são anuladas no final de cada temporada.

Para incidentes mais sérios, como causar uma colisão, os comissários podem impor pontos de penalidade, e Daniil Kvyat está no topo com oito, o que significa que está a apenas quatro de uma proibição de uma corrida.

Esteban Gutierrez é o próximo com sete, seguido por Vettel e Rosberg com seis, Sainz com cinco e um grupo de seis pilotos (Felipe Nasr, Magnussen, Jolyon Palmer, Esteban Ocon, Bottas e Wehrlein) com quatro.

Sergio Perez tem três, Kimi Raikkonen, Ericsson, Massa e Nico Hulkenberg têm dois, com Max Verstappen um ponto de penalidade.

Daniel Ricciardo, Romain Grosjean, Fernando Alonso e o Jenson Button são os únicos pilotos com situações limpas, sem advertências até 2016 ou pontos de penalidade nos últimos 12 meses.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.