F1 – Quem é o favorito de 2020?

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020 às 6:46

Fórmula 1

Por Adauto Silva

A Mercedes venceu os últimos seis campeonatos mundiais consecutivos na Formula 1, tanto de pilotos quanto de construtores.

Em 2020, a equipe de corrida com sede em Brackley (Inglaterra) se prepara para um novo título mundial, mas após seis anos, dos quais os primeiros três foram dominantes, a competição começou a ficar acirrada em 2017 com a Ferrari dando grandes saltos de qualidade tanto no chassi quanto no motor.

A Red Bull sempre teve um grande chassi e aerodinâmica extremamente sofisticada, mas faltava potência e confiabilidade de sua UP Renault da época. Em 2019 finalmente a UP Honda conseguiu alguns saltos impressionantes e chegou no final do ano bem próxima da UP Mercedes.

O regulamento permanecerá basicamente o mesmo em 2020 e isso normalmente significa que o grid, ou pelo menos as três equipes principais, devem começar a temporada mais nivelada dos últimos 12 anos. A segunda parte da temporada passada teve 8 corridas e 5 vencedores diferentes. Todos os pilotos das três principais equipes venceram, exceto Alexander Albon, que estreou nos Touros justamente na primeira corrida do segundo semestre da F1.

E com exceção do GP de Abu Dhabi, onde Lewis Hamilton realmente destruiu a concorrência e Verstappen teve problemas na UP que o atrasou na corrida, as 7 outras corridas finais foram emocionantes com diferenças pequenas e alternância entre os ponteiros. Isso já deu uma dica muito forte de como será 2020, uma vez que Mercedes, Red Bull Racing e Ferrari usarão o carro de 2019 como uma forte base para a essa temporada.

Por isso, como uma primeira olhada antes da pré-temporada que começa dia 19 deste mês e você poderá acompanhá-la aqui no Autoracing ao vivo durante 6 horas por dia, tudo leva a crer que teremos um 2020 emocionante na Formula 1.

A Mercedes ainda é a franca favorita?
A grande força da equipe reside na organização e na estrutura ao seu redor. Durante anos, a equipe alemã teve tranquilidade na garagem e pouca ou nenhuma alteração na força de trabalho, além de se manter em 14, 15 e 16 indubitavelmente com uma UP muito superior à da concorrência, inclusive “mascarando” alguns problemas do carro, que começaram a aparecer em 2017 na aero e principalmente suspensão. Naquela época o carro ganhou inclusive alguns apelidos não muito honrosos, digamos assim.

Mas Toto Wolff, sua excelente turma de técnicos e seus pilotos sempre mostraram muita tranquilidade e confiança para resolverem os problemas e nunca se mostraram abalados ou desesperados como os Vermelhos (sempre) e os Touros (na época da UP Renault). Ele é o chefe e CEO da equipe há anos conquistando o status de “o melhor” entre seus pares. James Allison cumpre com excelência o papel de diretor técnico e James Vowles, depois de alguns escorregões, melhorou muito e voltou a ser um ótimo estrategista novamente em 2019. Além disso, a equipe alemã tem o melhor piloto em Lewis Hamilton e sempre consegue pontuar muito bem com Valtteri Bottas que, se não tem o brilho extraordinário de seu companheiro de equipe, é um piloto rápido, consistente e muito bom no trabalho em equipe e no desenvolvimento do carro.

De qualquer maneira, dizer neste momento, antes da pré-temporada, que a Mercedes é a favorita me parece ejaculação precoce.

Hamilton e Verstappen mais motivados do que nunca
Hamilton parece mais motivado do que nunca. Espera-se uma verdadeira batalha entre o seis vezes campeão mundial e Max Verstappen. É algo que ambos estão realmente ansiosos e já sugeriram isso várias vezes na última temporada e no começo deste ano. Além disso, Hamilton terá a oportunidade de alcançar o número de vitórias e títulos de Michael Schumacher, algo que Max Verstappen quer impedir a todo custo, além do holandês também ter a oportunidade de se tornar o mais jovem campeão da história da F1.

Os Vermelhos tem o que provar
Depois de sair da pré-temporada de 2019 como favorita da F1 e nas casas de apostas, a Ferrari decepcionou na primeira parte da temporada. Sua central eletrônica começou a aquecer com muita facilidade e os Vermelhos tiveram que “estragar” a aero do carro para refrigerá-la adequadamente. Com isso passaram a privilegiar a força do motor e somente no segundo semestre conseguiram equilibrar as coisas. Binotto também não teve uma liderança forte o suficiente para gerenciar seus pilotos, o que privou os Vermelhos de muitos pontos que Charles Leclerc poderia ter feito no primeiro semestre.

Isso sem contar pelo menos três vitórias praticamente certas no segundo semestre na Rússia, onde largaram na pole e tinham o carro mais rápido da pista, Japão, onde fizeram a primeira fila inteira, e no México, onde também ficaram com a primeira fila inteira depois da punição a Verstappen.

Mas para este ano, apesar de todas as acusações não comprovadas de trapaça em sua UP superior a todas as outras, eles fizeram modificações nela e prometem vir mais fortes ainda. Binotto já disse que o conceito do carro deste ano vai privilegiar o downforce, o que também é uma clara indicação de que a UP terá que ser muito forte, caso contrário os Vermelhos terão um carro rápido nas freadas e contornos de curva, porém lento nas retas, o que os tiraria da disputa em boa parte das pistas.

Quanto aos pilotos Vermelhos, teoricamente começarão o ano livres para disputar. Leclerc terá que provar que tem cacife para liderar os Vermelhos e Vettel terá que fazer o melhor ano de sua carreira na Ferrari, caso não pretenda virar o segundo piloto do monegasco no segundo semestre do ano e com isso perder seu assento para 2021.

Eu espero uma grande temporada, talvez uma das melhores desse século. Pela primeira vez em muitos anos eu não tenho um franco favorito para o título ainda.

Vamos ver se ao término da pré-temporada ele surge e eu possa fazer minhas apostas que sempre faço no início de cada ano.

Adauto Silva
Leia e comente outras colunas do Adauto Silva

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.