F1 – Queda de público se deve à TV paga, diz Carey

sexta-feira, 10 de agosto de 2018 às 12:26

Chase Carey

Uma queda no número de pessoas que assistiram corridas de Fórmula 1 ao vivo foi atribuída à decisão da mudança para as televisões pagas, segundo Chase Carey.

Em uma teleconferência da Liberty Media esta semana, Carey admitiu que a audiência média das corridas de F1 caiu 4% em relação ao ano passado.

“Isso se deve em grande parte à nossa mudança da transmissão aberta gratuita para o sistema pago na Itália”, disse ele. “Excluindo a Itália, nossas visualizações na televisão aumentaram em 3% com relação ao ano anterior e a audiência de sábado para a classificação aumentou ainda mais”.

A televisão paga italiana, Sky Itália, assumiu os direitos exclusivos de transmissão ao vivo do campeonato em um contrato de três anos a partir desta temporada. A F1 está se movendo cada vez mais em direção a acordos de televisão paga em outros mercados, como o Reino Unido, onde a Sky também terá direitos exclusivos de transmissão ao vivo da próxima temporada.

Carey disse que a audiência da F1 aumentou em outros lugares, incluindo EUA e China, “onde os números de audiência estão mostrando melhorias particularmente fortes”.

“Os fãs reagiram positivamente às nossas melhorias em câmeras, sons, gráficos e outros elementos em nossa transmissão e temos mais para vir”, acrescentou ele. “69% dos nossos fãs dizem que a cobertura da TV de F1 melhorou, enquanto apenas 13% dizem que está pior”.

Ele admitiu que houve alguns problemas com o lançamento do serviço de streaming direto da F1 TV, cuja introdução foi adiada do GP da Austrália para a rodada da Espanha. “A prioridade deste ano é levar o produto até onde queremos que ele realmente dê um bom lançamento comercial na próxima temporada”, disse ele.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP da Áustria da MotoGP!

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.