F1 – Prost não vê necessidade de penalizar a Mercedes

quarta-feira, 18 de março de 2015 às 15:51

Alain Prost

Alain Prost acha que não há razão para punir a Mercedes por dominar tão amplamente a categoria.

Em meio a reivindicações da Red Bull e de Bernie Ecclestone para equalizar o desempenho das unidades de potência para evitar que a Mercedes ganhe facilmente em 2015, Prost acha que a fabricante alemã deve receber o crédito pelo trabalho que está fazendo.

Prost, que é embaixador da marca Renault desde 2012, disse que as queixas atuais contra o domínio da Mercedes são normais na F1.

“Eu não sou particularmente contra”, disse Prost sobre a dominação atual da Mercedes.

“As coisas realmente evoluíram, apesar de tudo. Estamos chegando ao fim de um ciclo, de uma certa maneira. É verdade que há problemas. As pessoas não aceitam mais isso quando alguém domina e faz um bom trabalho. Mas isso é F1, isso é competição!”

“A Mercedes se preparou por três, quatro anos para ser tão boa. Infelizmente, talvez demore dois ou três anos para alcançá-la, mas isso faz parte do jogo! Tudo o que está acontecendo também com as equipes menores e seus problemas? Isso sempre aconteceu”.

O francês continua esperançoso, no entanto, que a Renault seja capaz de eventualmente resolver os seus problemas.

“A Renault sabe que tem problemas. Eu acho e espero que seja resolvido muito rapidamente, talvez dentro de uma ou duas corridas”, disse ele.

“Mas é verdade que já são dois anos complicados”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.