F1 – Proposta de motores V6 de 1.200 HP biturbo para 2021

quarta-feira, 5 de abril de 2017 às 12:19
Unidade de potência da Renault

Unidade de potência da Renault

Os primeiros detalhes sobre os potenciais novos motores da Fórmula 1 para 2021 já estão surgindo.

Após uma reunião com as atuais e futuras fornecedoras de motores, o presidente da FIA, Jean Todt, revelou na semana passada que o plano é tornar as atuais unidades de potência mais simples, mais baratas e mais fortes para o futuro.

O novo chefe esportivo da F1, Ross Brawn declarou: “Antes de pensar em um conceito de carro sustentável para a categoria, o motor deve ser esclarecido. Tudo depende disso”.

O site Auto Motor und Sport da Alemanha tem os primeiros detalhes.

O correspondente Michael Schmidt disse que o primeiro conceito de motor de 2021 é um V6 biturbo produzindo potência de 1.200 HP – e dispensando completamente a atual tecnologia ‘MGU-H’.

O relato disse que também é possível que as baterias e os turbos compressores podem ser padronizados, com o elemento híbrido do motor sendo simplesmente o KERS.

Marc Surer, ex-piloto da F1 e comentarista da televisão alemã Sky, disse: “Temos problemas. Antes de tudo, a FIA não quer abandonar os motores híbridos, mas o turbo único remove o som”.

“O maior problema com a F1 no momento é o som, e isso simplesmente não se resolve com um grande turbo. Precisamos de dois turbos”.

“Mas, então, torna-se tecnicamente difícil obter potência do escape, então a FIA pode precisar sacrificar o MGU-H e oferecer aos fãs um som melhor”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.