F1 – Pirelli começa a diminuir as altas pressões de pneus

terça-feira, 27 de setembro de 2016 às 12:21
Pirelli

Pirelli

A Pirelli está começando a diminuir suas controversas altas pressões mínimas obrigatórias de pneus, de acordo com a Auto Motor und Sport.

Equipes e pilotos se queixaram de que as altas pressões, ditadas pela Pirelli por razões de segurança, são tão elevadas que os pneus são como “madeira” ou “balões”.

Mas a Auto Motor und Sport afirma agora que, ao longo das últimas três corridas, as pressões dos pneus traseiros começaram a baixar, enquanto as pressões da dianteira permanecem “extremamente altas”.

Em Cingapura, por exemplo, enquanto a dianteira tinha 20 PSI, a traseira desceu para 16,5 PSI.

“São pressões quase normais agora”, disse um engenheiro.

No entanto, relatos afirmam que, porque a dianteira permanece alta, isso significa que as temperaturas dos pneus e as taxas de desgastes são diferentes da dianteira para a traseira.

Alega-se que a diferença é explicada pela forma como as equipes ajustam o camber dianteiro, o que coloca uma carga adicional sobre os pneus.

No entanto, o respeitado correspondente Michael Schmidt diz que algumas equipes realmente suspeitam que a Pirelli fez alterações recentes na construção do pneu traseiro.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.