F1 – Perez intrigado pela falta de interesse de equipes de ponta

segunda-feira, 23 de abril de 2018 às 12:15

Sergio Perez

Sergio Perez diz que pode competir com os melhores, mas não entende por que ele nunca foi mencionado como um possível candidato para um assento de ponta na Fórmula 1.

O mexicano de 28 anos iniciou sua carreira na categoria com a Sauber em 2011 e parecia preparado para o estrelato quando foi recrutado pela McLaren em 2013.

Não deu certo como esperado para Perez, que deixou a equipe de Woking depois de apenas um ano. Em retrospectiva, talvez tenha sido melhor já que a McLaren iniciou um período de cinco anos sem vitórias e uma crise de desempenho que persiste até hoje.

Perez se estabeleceu na Force India como um piloto rápido, sólido e consistente com uma rica experiência, mas estranhamente não como um homem cobiçado pelas principais equipes da F1.

“Eu não sei o motivo para isso”, diz ele. “Acho que tenho feito um trabalho muito forte nas temporadas anteriores, por isso não há muito que eu possa fazer. É difícil mostrar”.

“Terminei nos últimos dois anos em sétimo no campeonato, no pelotão da frente. Por isso, é difícil para as pessoas perceberem, mas tenho certeza disso quando analisam o desempenho”.

“Não é coincidência que eu tenha vencido bons pilotos como Hulkenberg, no tempo que passamos juntos. Eu acredito que posso ser tão bom quanto qualquer um na pista”.

Perez não está desistindo de suas ambições de subir para o próximo patamar, embora o nível atual de desempenho da Force India não esteja tornando esse grande passo mais fácil de alcançar.

“Eu ainda tenho o meu objetivo que um dia eu vou ter a chance de lutar pelos melhores resultados possíveis, porque acredito que sou tão bom quanto qualquer um aqui”, disse ele.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.