F1 – Nurburgring “surpreendida” por comentários de Ecclestone

Nurburgring

O aparente cancelamento do histórico GP da Alemanha está causando polêmica no país.

Embora mais tarde tenha minimizado seus comentários, Bernie Ecclestone gerou controvérsias quando disse que a Alemanha não vai sediar uma corrida em 2015.

E principais jornais incluindo Welt e Bild estão reproduzindo a explicação posterior de Ecclestone que a razão para a incerteza foi devida ao ‘péssimo’ público em Nurburgring e Hockenheim.

Um porta-voz de Nurburgring, entretanto, disse que ficou “surpreso” quando Ecclestone declarou que não haverá GP da Alemanha, em 2015.

“O que posso dizer”, disse Pietro Nuvoloni, “é que tivemos uma conversa com o Sr. Ecclestone cerca de duas semanas atrás, e nós concordamos com confidencialidade”.

“Ficamos um pouco surpresos com o que o Sr. Ecclestone disse, embora ele retificasse três ou quatro horas mais tarde”.

No teste de Jerez na terça-feira, Niki Lauda e Nico Rosberg esperam que Ecclestone e os organizadores da corrida alemã, em última análise, resolvam os seus problemas.

Um porta-voz da Mercedes, por sua vez, disse: “Em primeiro lugar, o GP da Alemanha é a nossa corrida em casa, mas, por outro lado, é uma das corridas mais tradicionais do calendário da F1. Para nós e para a F1 seria uma grande vergonha se não ocorrer este ano, mas não somos responsáveis pelo calendário da F1”.

O presidente da FIA, Jean Todt também disse que o problema é entre os circuitos alemães e Ecclestone.

“Até agora só posso me referir ao calendário”, disse ele, “e se olhar para o campeonato de 2015, verá o GP da Alemanha. Se houver algum problema comercial, não é a FIA, mas sim o detentor dos direitos comerciais que deve comentar”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.