F1 – Netflix critica a Mercedes e Ferrari por desprezar documentário

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019 às 11:42

Fórmula 1

A Mercedes e Ferrari foram as únicas equipes a recusar o acesso às equipes de filmagem da próxima produção da Netflix, “Formula One: Drive to Survive”, que narra a temporada de 2018.

Promovida pela Liberty Media, a nova série oferece uma visão interna e sincera das emoções e vazamentos das corridas dos Grandes Prêmios vistos no prisma da temporada do ano passado, alavancando a abordagem de acesso aberto.

Infelizmente, as duas equipes que duelaram pelo título de 2018 recusaram-se a dar passe livre às equipes de filmagem, uma negativa que praticamente anula o objetivo da série de 10 partes.

“Eles fizeram um desserviço aos torcedores e à categoria por não participarem”, comentou o produtor executivo do trabalho, Paul Martin.

“Seria tudo ou nada, e se esses termos foram bons o suficiente para as outras oito equipes, deveria ter sido bom o suficiente para a Mercedes e a Ferrari também”.

A Ferrari não ofereceu nenhuma razão para se recusar a participar do projeto, mas a Mercedes invocou – de maneira bastante previsível – sua relutância em se distrair com um fator externo durante a feroz batalha no campeonato.

Os treinos de pré-temporada já começaram e assim como nos últimos anos, convidamos você para acompanhá-los conosco aqui todos os dias a partir das 8 horas da manhã até às 2 da tarde ao vivo de Barcelona, de 18 de fevereiro até o dia 21. E depois de 26 de fevereiro a 1 de março. Tudo ao vivo e em detalhes para você ficar totalmente por dentro de como começa a temporada de 2019 da Fórmula 1!

[the_ad id=”237860″]

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.