F1 – Não liberaríamos Verstappen por 100 milhões, diz Marko

quinta-feira, 13 de julho de 2017 às 8:51
Max Verstappen e Helmut Marko

Max Verstappen e Helmut Marko

Helmut Marko descartou categoricamente a liberação de Max Verstappen antes que o contrato do holandês com a Red Bull termine.

A especulação persistente sugere que a Ferrari pode mesmo estar disposta a pagar milhões para tirar o jovem piloto do atual acordo da Red Bull, que vale até o final de 2019.

Mas Marko, o chefe de pilotos da Red Bull, disse ao jornal Bild: “Não íamos ceder Max por 100 milhões”.

“Nós o colocamos na Fórmula 1 para ver seu insano potencial e desenvolvimento. Queremos ser campeões mundiais com ele”.

O empresário de Verstappen, Raymond Vermeulen, disse: “Estamos, como sempre, comprometidos com os contratos, mas isso é baseado na reciprocidade com a Red Bull. Nós não falamos sobre contratos, mas o Dr. Marko, Max e eu sabemos o que está de acordo”.

“A Red Bull tem um dos melhores pilotos no paddock, e você pode esperar que possamos ter o melhor equipamento para se tornar campeão mundial”.

Os últimos rumores surgem com a frustração óbvia de Verstappen com a falta de confiabilidade em 2017.

“Nós dissemos à ele que estamos fazendo tudo o que pudermos para parar essa má sorte inacreditável”, disse Marko.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.