F1 – Mudança no topo da Liberty Media

Sean Bratches e Chase Carey

Quando a Liberty Media assumiu a Fórmula 1 em 2016, eles reuniram três líderes principais. Chase Carey, CEO e presidente do conselho, Ross Brawn, se concentra no aspecto técnico, enquanto Sean Bratches lidera o lado comercial da Formula 1. No entanto, essa formação deve mudar com a F1 se despedindo de Bratches na próxima semana.

De acordo com o Motorsport, a Liberty Media mostrará à Bratches a porta de saída e isso será anunciado publicamente dentro de uma semana. Ele é o diretor comercial desde o lançamento da Liberty Media em 2016.

O foco principal do ex-executivo da ESPN era aumentar os fluxos de receita do esporte. Isso inclui taxas de hospedagem, patrocínios e ofertas de transmissão. Os acordos de TV são uma das partes mais faladas da Formula 1. Bratches teve um papel fundamental na manutenção do GP da Inglaterra em Silverstone e na garantia de que o esporte retorne a Zandvoort pela primeira vez em muitos anos.

Próximo Capítulo
Em 2019, o próprio Bratches deu a entender que gostaria de passar mais tempo com sua família, já que a Formula 1 ocupava muito do seu tempo. Carey disse que as conversas estavam atrasadas, mas ainda não havia sido tomada nenhuma decisão. O Motorsport agora disse que Bratches pedirá demissão, forçando a Formula 1 a procurar um novo diretor comercial.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.