F1 – Mercedes reconhece que domínio não é saudável

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018 às 12:23

Mercedes W09

A Mercedes diz que reconhece que o seu domínio da Formula 1 pode não ser saudável para a categoria, enquanto tenta igualar ao recorde ganhando o quinto campeonato duplo consecutivo em 2018.

A equipe pode igualar o recorde da Ferrari de ganhar cinco títulos consecutivos de pilotos e construtores este ano. Mas o diretor executivo da Mercedes, Toto Wolff, reconheceu que os sucessos em curso de sua equipe podem não ser saudáveis para a categoria.

“Se você olha para fora, o domínio em longo prazo da equipe prejudica o espetáculo”, disse ele quando perguntado por Race Fans. “Vemos isso nos sucessos da Ferrari nos anos 2000, os dias da Red Bull há alguns anos atrás, e depois a Mercedes”.

“Eu acho que a situação mais saudável para a Formula 1 é um ambiente muito competitivo onde várias equipes podem vencer, o campeonato sendo disputado até a corrida final. Estes são claramente os ingredientes que precisamos”.

“Mas hoje não é o objetivo deste grupo. Nós tentamos otimizar o que podemos entregar e não podemos, de onde estamos, termos uma abordagem holística ao espetáculo global”.

A Mercedes ganhou 63 das últimas 79 corridas de F1. Mas Wolff não vê indícios de que a vantagem competitiva da Mercedes tenha sido diminuída.

“Certamente na equipe não vejo falta de motivação”, disse ele. “Nós colocamos muita ênfase na definição de nossos objetivos e alvos no início do ano. Então, com a equipe isso não me preocupa”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.