F1 – Mercedes não teme protesto sobre suspensão

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017 às 11:54
Mercedes W08

Mercedes W08

Toto Wolff, chefe da Mercedes, insiste que não teme a perspectiva de um possível protesto contra o sistema de suspensão de sua equipe no GP da Austrália.

Debates entre equipes sobre a legalidade de sistemas de suspensões hidráulicas inteligentes na Fórmula 1 tem estado em curso desde que a Ferrari procurou esclarecimentos sobre a legalidade de um conceito ‘pré-carregado’ no final do ano passado.

Com a situação ainda não resolvida – mas com uma diretriz técnica da FIA sobre o assunto sendo esperada antes do primeiro teste de pré-temporada da próxima semana – há incertezas sobre como as coisas vão se desenvolver.

Um cenário – que o diretor técnico da Force India, Andy Green, disse que poderia acontecer – é a Ferrari protestar contra os sistemas de suspensão em Melbourne, para obter uma resposta definitiva sobre o assunto.

Para a Mercedes, que tem sido uma das líderes em forçar a tecnologia de suspensão, uma decisão da FIA indo contra ela, ou um protesto em Melbourne, poderia ser uma grande dor de cabeça no início da temporada.

Mas falando no lançamento do carro da equipe em Silverstone, Wolff disse que estava completamente relaxado sobre a situação.

“Houve discussões na TRM (Reunião de Regulamentos Técnicos) em torno de suspensões e legalidade”, disse ele, quando perguntado pelo site Autosport sobre a situação.

“No que diz respeito a Mercedes, estou muito confiante e confortável com a situação. Sabemos o que as regras dizem e o que está autorizado ou não para se fazer”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.