F1 – Mercedes confirma novo motor para o Canadá

quinta-feira, 6 de junho de 2019 às 13:30

UP Mercedes e Andy Cowell

A Mercedes confirmou que estará lançando um motor atualizado para a sua equipe e as equipes clientes no GP do Canadá.

O fabricante de automóveis alemão foi o único a optar por manter a mesma UP desde o início da temporada de F1 para todos os carros movidos pelo seu motor.

A única mudança que ocorreu foi para o piloto da Williams, George Russell, que precisou de uma nova bateria e um novo controle eletrônico após o incidente no GP do Azerbaijão.

Os fabricantes rivais Renault, Ferrari e Honda introduziram atualizações em vários pontos nesta temporada, por razões de confiabilidade e desempenho.

Com o Circuito Gilles Villeneuve sendo um circuito sensível à potência, e a Mercedes ciente de que está atrás da Ferrari em termos de potência, o local é lógico para uma atualização de UP ser introduzida.

Mercedes, Williams e Racing Point usarão o novo motor aqui, que desde 2014 é chamado na F1 de Unidade de Potência (UP).

Falando antes do final de semana, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse que sua equipe provavelmente terá mais dificuldades no Canadá do que em outros locais.

“Nas últimas seis corridas, fomos muito fortes nas curvas, mas perdemos tempo nas retas”, disse ele.

“Isso tornará o Canadá um enorme desafio para nós, já que as características da pista podem favorecer nossos adversários – há muitas retas longas e menos curvas para se fazer tempo de volta”.

Wolff, como já era esperado, não mencionou se há algum ganho de potência na nova UP, mas fontes do Autoracing confirmaram que ela vem com um ganho entre 10 e 15 hp, o que elevaria sua potência total acima dos 1050 hp.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.