F1 – McLaren perde patrocinador para a Red Bull em 2016

terça-feira, 17 de novembro de 2015 às 13:06

Fernando Alonso

A Tag Heuer vai terminar uma associação de 30 anos com a McLaren no final da atual temporada e mudar para a rival Red Bull.

A marca tem destaque nos carros da equipe desde o MP4/4, de 1985, após o ex CEO da Tag Heuer Mansour Ojjeh inicialmente se envolver na McLaren dois anos antes.

Em um grande golpe, a marca icônica de relógios decidiu unir forças com a Red Bull na próxima temporada. Em uma recente entrevista, o atual CEO da Tag Heuer, Jean-Claude Bivet disse: “Acabamos de assinar com a Red Bull Racing para a próxima temporada. Ela é jovem, dinâmica, determinada, perfeitamente consistente com a estratégia da TAG Heuer”.

A McLaren também confirmou a separação, com um porta-voz dizendo: “A parceria da McLaren com a Tag Heuer foi um dos patrocínios mais bem sucedidos e duradouros da história esportiva. Ele já dura 30 anos, período em que ambas as partes alcançaram enorme sucesso juntas”.

“Na pista a equipe venceu grandes prêmios e campeonatos mundiais com heróis icônicos como Alain Prost, Ayrton Senna, Mika Hakkinen e Lewis Hamilton”.

“Nosso relacionamento com a empresa-mãe da Tag Heuer, a LVMH, continua através da nossa nova parceria com a Chandon, anunciada no mês passado”.

A perda de Tag Heuer é o mais recente golpe para a McLaren já que a equipe está sem um patrocinador principal desde que a Vodafone saiu no final de 2013. Outros grandes nomes como Santander e Hugo Boss, este último sendo parceiro da McLaren por 33 anos, também já saíram nos últimos tempos.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.