F1 – McLaren corrigirá problema de arrasto do carro na Rússia

terça-feira, 25 de setembro de 2018 às 12:55

Fernando Alonso

A McLaren pretende usar as configurações que desenvolveu durante o fim de semana do GP da Itália para resolver seus problemas com arrasto excessivo no GP da Rússia.

Ao contrário da rodada anterior em Cingapura, o circuito de Sochi apresenta várias retas longas que podem expor a baixa velocidade da linha reta do MCL33. Fernando Alonso disse que a equipe trabalhou nisso em Monza, a pista mais rápida do calendário.

“Algumas das ideias que testamos em Monza – parece que melhoramos no sábado – foram mais para a redução do arrasto. Por isso, será implementado, penso nas próximas corridas”.

“Esperamos que a Rússia seja a primeira oportunidade de revisitar alguns desses arranjos”.

O diretor esportivo da McLaren, Gil de Ferran, disse que os novos lançamentos foram resultado da equipe “explorando diferentes espaços” com seu carro.

“Estamos sempre tentando fazer o melhor possível para tentar avançar”, disse ele. “Estamos tentando trazer um pouco de desenvolvimento aerodinâmico a cada corrida”.

“Mas isso não é a única coisa. Estamos explorando diferentes espaços. Como o Fernando disse em Monza, decidimos seguir uma direção completamente diferente e funcionou bem para esse tipo de pista. Talvez nós tentemos uma direção similar novamente na Rússia”.

No entanto, o foco da equipe agora está em seu novo chassi para a temporada de 2019 da F1. De Ferran disse que a equipe está “voltada completamente no carro do próximo ano”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP da Rússia de Formula 1 no próximo domingo!

[the_ad id=”237860″]

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.