F1 – McLaren: A pressão é enorme para resolver os problemas

terça-feira, 7 de março de 2017 às 13:45
McLaren-Honda

McLaren-Honda

O diretor de corrida da McLaren, Eric Boullier, diz que a pressão sobre a fornecedora de motores Honda é enorme este ano, após uma série de falhas durante os testes de pré-temporada.

A equipe fez uma quilometragem limitada na semana de abertura de testes devido a dois grandes problemas e foi forçada a fazer outra troca de motor no primeiro dia do segundo e último teste desta semana. A volta mais rápida do MCL32 durante o teste está a mais de 2,5s do ritmo, e com apenas três dias de testes, Boullier não estava mais ‘adoçando’ a situação.

Perguntado sobre o quão grande era a pressão para a Honda melhorar, Boullier disse: “A máxima, mas obviamente estamos na Fórmula 1, estamos correndo e temos que desempenhar, então a pressão é obviamente enorme. Nós colocamos a pressão máxima sobre todos as nossas relações com a Honda e é o mesmo com ela. Não podemos tropeçar, precisamos ser capazes de entregar o melhor carro também, então isso vale para ambos os lados”.

Boullier disse que a incapacidade de rodar com o carro em seu máximo potencial teve vários impactos no desempenho.

“Isso afeta a sua compreensão do desenvolvimento”, disse ele. “Se você não está correndo rápido o suficiente, você não coloca a energia certa nos pneus, você não coloca a energia certa nos freios ou no carro e seus objetivos ficam diferentes. Portanto, há muitas consequências em estar 15 ou 18 km/h mais lento em linha reta”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.