F1 – Massa: Motor Mercedes será o renascimento da Williams

terça-feira, 11 de março de 2014 às 13:08

Felipe Massa

Felipe Massa acredita que o acordo com os motores Mercedes será fundamental para as chances da Williams de renascer.

A nova equipe do brasileiro teve uma temporada forte durante os testes de pré-temporada, em parte graças à força e confiabilidade do novo motor Mercedes.

Massa, que só usou motores Ferrari durante suas 12 últimas temporadas na F1, está impressionado não só com a compreensão da Mercedes da tecnologia dos motores, mas também da maneira como seu desempenho influencia no manuseio do carro.

“A melhor coisa que a Williams fez foi assinar com a Mercedes”, disse Massa. “Estou muito feliz com a maneira como eles estão trabalhando, com a forma como são profissionais e o entendimento que têm sobre as coisas”.

“Eles não estão apenas controlando o motor. Eles entendem muito sobre o carro, a configuração, muito sobre tantas coisas que também nos ajudam a entender as coisas rapidamente”.

“Então foi uma mudança muito boa”.

Massa também está impressionado com o progresso que a Williams tem feito.

Com base nos testes de pré-temporada, a Williams tem potencial para disputar um pódio em Melbourne e Massa está bem posicionado para começar em alta a sua carreira na equipe.

Ele ficou particularmente satisfeito com as evoluções aerodinâmicas introduzidas durante os testes, ao contrário de quando estava na Ferrari, onde ficava frequentemente desapontado com as novas peças não funcionando como o previsto.

“Estou confiante, porque acho que temos boas pessoas”, disse Massa quando perguntado se ele acredita que a equipe possa manter o ritmo necessário de desenvolvimento em 2014.

“Eu realmente acredito nesta equipe e acredito que têm o potencial para ser competitivo e têm o entendimento para se desenvolver bem. A correlação entre o túnel de vento e a pista funcionou bem e isso é uma coisa boa. Tudo o que nós trouxemos para a pista funcionou”.

“Estamos apenas no começo. Ainda há muito a fazer e o trabalho de todos na equipe está em um nível elevado”.

Parece que a Williams tem um contrato de sete anos com a Mercedes, o que poderia significar que este é o mais longo período de estabilidade com um motor desde seus primeiros dias correndo com motores Cosworth.

1977/1983 – Cosworth
1983/1987 – Honda
1988 – Judd
1989/1997 – Renault
1998 – Mecachrome *
1999 – Supertec *
2000/2005 – BMW
2006 – Cosworth
2007/2009 – Toyota
2010/2011 – Cosworth
2012/2013 – Renault
2014 – Mercedes

* Estes motores tinham como base o Renault V10 3 litros de 1997.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.