F1 – Marussia revela o seu carro

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 às 13:57

Marussia MR03

A Marussia se tornou a última equipe a desvendar o seu novo carro de Formula 1, revelando o MR03 em Jerez nesta quinta-feira.

A estreia do carro com motor Ferrari tinha sido adiada por causa de uma falha técnica de última hora que foi descoberta antes que fosse despachado de sua fábrica de Banbury.

Mas depois de acertar o problema, a Marussia conseguiu transportar o seu carro para Jerez e deixá-lo pronto para se juntar às outras equipes no penúltimo dia de ação.

O novo carro demorou dois anos para ser criado e é um conceito totalmente novo – que apresenta nova frente e novos projetos de suspensão traseira.

O projetista-chefe John McQuilliam disse que estava feliz com a forma que todo o projeto se completou.

“Nós nos beneficiamos enormemente com a estabilidade de nossas equipes de design, com o mesmo pessoal começando – e agora concluindo – todo o processo ao longo de um período de 24 meses”, disse ele.

“Eu acho que podemos nos orgulhar da maneira que respondemos a um desafio tão significativo e com a qualidade que encontramos no MR03.

“O carro foi fabricado e acabado com um padrão muito elevado, enquanto conseguíamos nossas metas mais significativas de redução de peso até o momento e, mais importante, com um olho na manutenção do nosso excelente histórico de confiabilidade”.

A Marussia terminou em 10º no campeonato de construtores do ano passado e espera que a mudança para o motor Ferrari para 2014 permita melhorar a sua competitividade neste ano.

Mas o chefe da equipe, John Booth, admite que a incerteza criada pelas novas regras para 2014 signifiquem que fazer previsões firmes é bastante difícil.

“Nós temos que mesclar o fato de que há um grande número de incógnitas nesta temporada com o fato de que somos, por natureza, uma equipe altamente ambiciosa que está sempre exigindo mais de si mesmo”, disse ele.

“A meta é seguir em frente e isso significa estar numa posição onde não teremos de nos concentrar sobre a ameaça que vem por trás e, em vez disso, levar a luta às equipes que estão adiante”.

“É muito cedo para especular sobre a performance relativa embora isso seja algo que podemos, talvez, só falar com confiança na Austrália daqui a 45 dias”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.