F1 – Marko acha que teve o coronavírus em fevereiro

Helmut Marko

Um dia depois de Flavio Briatore revelar que pode ter tido o coronavírus em dezembro, Helmut Marko está contando uma história parecida.

“No meio de fevereiro, eu tive um péssimo resfriado com uma tosse forte”, disse o consultor de automobilismo da Red Bull ao f1-insider.com. “A condição durou 10 dias, o que foi estranhamente demorado para mim. Hoje, eu tenho quase certeza que foi o vírus”.

Marko acredita que o fato de ter se tornado imune ao vírus explica por que ele não ficou doente mesmo passando pelo aeroporto de Dubai após a Austrália.

“Para mim, aquele era um ponto crítico do corona, então isso mostra que até mesmo pessoas mais velhas podem sobreviver a essa doença. Creio que é importante ter menos pânico e lidar com a pandemia muito mais racionalmente”.

Marko diz que atualmente está trabalhando pela manhã e depois vai para a floresta com sua motosserra para aliviar a tensão.

“Estou em melhor forma do que nunca agora. Também esfrio minha cabeça na floresta, que é o que você precisa fazer com toda a loucura ao nosso redor no momento”.

Marko afirmou que Graz – onde ele mora – é uma cidade fantasma, e junto com todo o pânico, o ambiente familiar para ele se tornou “surreal”.

“Há restrições extremas”, disse ele. “Toda a vida pública em Graz está parada. Eu tive de fechar quatro hotéis e os cafés associados, e agora eles estão sendo preparados para serem usados como clínicas alternativas”.

“Porém, isso não ajuda com o puro medo existencial que quase todos estão sentindo no momento. Parece uma guerra”.

Clique AQUI para fazer suas apostas esportivas

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.