F1 – Marchionne minimiza rumores de saída de Arrivabene

segunda-feira, 23 de outubro de 2017 às 13:00

Sergio Marchionne

O presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, minimizou a especulação que o chefe da equipe, Maurizio Arrivabene, poderia ser demitido.

Os relatos sugeriam que Arrivabene assumirá a culpa dos fracassos na luta do título de 2017 da equipe de Maranello, com o chefe técnico Mattia Binotto o sucedendo.

Mas o presidente Marchionne disse em Austin: “Melhoramos como equipe com o conjunto de pessoas que temos. Nós temos um pequeno problema, mas no ano passado, se você me dissesse que estaria aqui em 2017 lutando pelo título, eu teria gargalhado”.

“Mas, durante a maior parte da temporada, fomos fortes concorrentes para a Mercedes. É um reconhecimento de como a equipe funciona, então não vamos agora falar sobre mudanças”.

“Criamos continuidade com a renovação de Kimi e Seb”, acrescentou Marchionne, “e por enquanto não quero dizer mais nada, exceto que a continuidade é essencial”.

No entanto, outro rumor é que, com Kimi Raikkonen assinado por apenas mais um ano, a Ferrari vê Daniel Ricciardo como um digno sucessor do finlandês.

“Eu reparo em todos eles”, Marchionne é citado pela La Gazzetta dello Sport. “Nós também teremos que ver onde colocamos Leclerc e Giovinazzi”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.