F1 – Manor agenda testes de colisão para março, segundo relatos

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015 às 15:07

Marussia

Enquanto Barcelona ecoou com o som dos motores turbo V6 nesta quinta-feira, revelações detrás dos bastidores também estavam fazendo barulho.

A Force India finalmente começou seu programa de inverno na Catalunha, mas apenas com o carro de 2014 e com o piloto reserva da Mercedes Pascal Wehrlein ao volante.

Wehrlein foi então convocado pela Mercedes para substituir o doente Lewis Hamilton, deixando Sergio Perez para entrar no cockpit para principalmente realizar testes de pneus.

A ação realmente importante aparentemente estava ocorrendo nos bastidores.

A revista Auto Motor und Sport relatou que a Force India “passou em todos os testes de colisão” com o seu carro de 2015, o VJM08.

O correspondente Michael Schmidt acrescentou: “O segundo chassis foi concluído e aprovado pela FIA. Todos os testes de colisão dinâmicos e estáticos foram aprovados”.

“E fica ainda melhor”, disse o jornalista alemão. “A Marussia agendou um teste de colisão para o início de março, com um carro que cumpre as regras de 2015”.

Mas isso não significa que os problemas da equipe Manor terminaram. Supostamente, a Ferrari disse à equipe que só vai entregar seus motores assim que um depósito de 10 milhões de euros for feito.

Schmidt continuou: “E a Marussia não pode perder mais nenhuma corrida. O acordo com os detentores de direitos é que uma equipe pode perder um máximo de três corridas até 2020”.

A Marussia ficou de fora das três últimas corridas de 2014, em Austin, Brasil e Abu Dhabi, por isso tecnicamente tem que retornar em Melbourne em menos de um mês.

“Os especialistas acreditam que é impossível”, disse Schmidt.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.