F1 – Magnussen: Acordo com a Renault salvou minha carreira

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016 às 14:38
Kevin Magnussen

Kevin Magnussen

Kevin Magnussen diz que sua carreira de F1 estaria terminada se não tivesse assegurado um assento de corrida na Renault para esta temporada.

O dinamarquês correu pela McLaren em 2014, mas perdeu o lugar para Fernando Alonso ao lado de Jenson Button na última temporada. Depois de um ano como reserva foi dispensado e, em seguida, teve alguma expectativa quando o acordo entre a PDVSA e a Renault entrou em colapso.

“Dois anos fora teria sido o fim”, disse Magnussen. “Se você é campeão do mundo, pode ser capaz de voltar. Mas, na minha posição, estar fora por dois anos seria o fim da minha carreira na F1. Foi conseguir ou quebrar. Felizmente, eu consegui”.

Magnussen descreveu a oportunidade, correndo ao lado de Jolyon Palmer, como uma segunda chance que estava ansioso para aproveitar ao máximo.

“Esta é uma grande oportunidade, porque nem todos os pilotos têm uma segunda chance”, disse ele. “Estou tendo uma segunda oportunidade e uma chance muito boa com uma equipe de ponta”.

“Eu não consigo expressar minha felicidade. Estou ansioso para entrar no carro”.

Magnussen admitiu que só assinou o contrato no dia anterior ao lançamento da Renault, mas as negociações iniciais tinham começado no ano passado, antes de acelerar em janeiro deste ano.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.