F1 – Lotus ainda sente a falta do FRIC

segunda-feira, 18 de agosto de 2014 às 12:40

Lotus E22

A Lotus disse que ainda está tendo dificuldades para se adaptar à perda do FRIC que foi removido antes do GP da Alemanha.

Desde que as equipes removeram o sistema de suspensão, a Lotus que foi a pioneira em 2008, claramente perdeu terreno na hierarquia para a Sauber. Mesmo que tenha passado duas corridas e as férias de verão depois da retirada do FRIC, o diretor técnico Nick Chester da Lotus disse que a equipe ainda tem problemas.

Apesar da Lotus não mostrar sinais de uma grande reviravolta em sua forma, Chester está confiante que a equipe pode continuar a progredir nas atualizações que planeja para as próximas corridas.

“O importante é que continuamos a alavancar o desenvolvimento do E22 nas próximas corridas com algumas atualizações bastante substanciais. Sabemos que existem algumas áreas muito sensíveis do carro onde podemos fazer alguns bons ganhos, então estaremos focando nessas áreas”.

“O desenvolvimento de asas dianteiras e traseiras estão previstas para Spa. A atualização da asa traseira pode ser mais difícil para Spa, devido ao tempo perdido na produção durante as férias, mas estamos pressionando para que seja apresentada na Bélgica. Temos nova carenagem e ainda algumas pequenas modificações na frente do chassis, que deve dar alguns bons benefícios em downforce”.

 

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.