F1 – Lauda critica decisão surpreendente de Rosberg

Niki Lauda e Nico Rosberg

Niki Lauda e Nico Rosberg

Niki Lauda criticou a decisão de Nico Rosberg de abandonar a Mercedes apenas alguns dias depois de vencer o campeonato mundial.

A aposentadoria do alemão foi tão chocante para seus chefes quanto para o resto do mundo. “Ele me disse que foi por causa do estresse”, declarou Lauda, presidente da equipe, ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

O austríaco admitiu que inclusive está um pouco irritado. “Por um lado, você precisa aceitar se Nico quer sair. Por outro lado, ele assinou um contrato de dois anos conosco em agosto”, disse ele.

“O que me incomoda é Nico nos dizer que continuaria se não tivesse sido campeão mundial. Creio que ele poderia pelo menos ter indicado isso quando assinou o contrato. Ele diz que queria ser campeão mundial e parar, mas o problema é que nunca deu nenhum sinal de que esse era o seu conceito”.

“Afinal, 1200 pessoas da divisão de Fórmula 1 da Mercedes lhe deram todas as oportunidades de se tornar campeão com um super carro. E então ele pediu demissão de um dia para o outro”.

“Esta decisão solitária de Nico – uma surpresa para todos em Brackley e na Mercedes, até mesmo para aqueles que trabalhavam com ele, seus engenheiros e mecânicos – abriu um buraco gigante nesta equipe de excelente funcionamento”, concluiu Lauda.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.