F1 – Jackie Stewart: Tragam um novo campeão

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014 às 19:07

Jackie Stewart, Christian Horner e Sebastian Vettel

A Formula 1 poderia fazer um novo campeão mundial depois de quatro anos de dominação de Sebastian Vettel da Red Bull, disse o tricampeão Jackie Stewart na quarta-feira.

“Eu acho que seria melhor, eu acho que poderia animar as coisas… Seria revigorante”, disse o escocês de 74 anos de idade a jornalistas num almoço em Londres.

“Quatro vezes é um pouco ganancioso”, acrescentou, em tom de brincadeira.

Vettel, com 26 anos, tornou-se o mais jovem tetracampeão na última temporada e ganhou as últimas nove corridas do ano. Ninguém o vence desde julho.

A Red Bull também ganhou títulos de construtores nos últimos quatro anos e vai começar a nova temporada em março novamente como favorita.

O alemão Michael Schumacher, que se aposentou em 2012 com a idade de 43 anos e atualmente está em coma depois de um acidente de esqui na França no mês passado, ganhou cinco títulos consecutivos com a Ferrari entre 2000 e 2004.

“Ninguém permanece no topo para sempre”, disse Stewart. “O mundo segue em frente e tenho certeza que vai ser o caso. Não sei se vai ser na próxima temporada”.

“A Red Bull é muito impressionante e agora tem mais dinheiro vindo de patrocinadores do que da própria Red Bull, porque têm a audiência da TV”.

Esta temporada vamos ver um novo motor V6 turbo substituindo o antigo V8, com a economia de combustível e o estilo de pilotagem como fatores mais significativos e com a confiabilidade sendo uma preocupação maior.

O chefe da Red Bull Christian Horner alertou mais cedo na quarta-feira que a corrida de abertura na Austrália podemos ver um número significativo de abandonos, talvez a metade do grid, ao invés da maioria dos carros classificarem.

Também poderá ser mais difícil para Vettel ganhar mais um campeonato após a controversa decisão de premiar com o dobro de pontos na última corrida em Abu Dhabi, numa tentativa de manter a disputa pelo título aberto por mais tempo.

Stewart espera que o vice-campeão do ano passado e bicampeão Fernando Alonso possa obter o melhor do companheiro de equipe Kimi Raikkonen, o campeão mundial de 2007, na Ferrari nesta temporada, quando eles serão companheiros pela primeira vez.

Lewis Hamilton, o campeão de 2008 com a McLaren e um vencedor para a Mercedes no ano passado, é outro favorito, mesmo que as perguntas feitas sobre sua consistência no ano passado ainda tenham que ser respondidas.

“Acho que Lewis é o piloto mais rápido no grid”, disse Stewart. “Só velocidade pura. Quando ele coloca uma volta rápida, ele é mestre no que faz”.

O escocês disse que tinha certeza de que Jenson Button, da McLaren, o campeão de 2009, não deixaria a tristeza pela morte de seu pai John na semana passada – uma presença constante em corridas e uma figura muito popular no paddock – afetar sua corrida.

“O piloto é um animal peculiar”, disse ele.

“Olhe para toda a morte que tivemos e seja lá qual o motivo, ainda corremos… Eu acho que, provavelmente, os pilotos de corrida são mais resistente do que a maioria das pessoas”.

“John (Button) viveu a plenitude da vida, e teve um ataque cardíaco com 70 anos de idade. E não havia muito da vida que ele tenha perdido”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.