F1 – Hulkenberg diz que não relaxou ao lado de Jolyon Palmer

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018 às 13:16

Nico Hulkenberg

Nico Hulkenberg negou que ele pudesse ter relaxado quando tinha Jolyon Palmer como seu companheiro de equipe da Fórmula 1, e diz que a chegada de Carlos Sainz não fez diferença em seus esforços.

Como parte das maquinações em torno da troca da McLaren e Toro Rosso de seus motores Honda e Renault, Sainz foi levado da Toro Rosso para a Renault para as quatro últimas corridas da temporada de 2017.

Ele substituiu Palmer, que havia sido superado por Hulkenberg em todas as corridas até esse ponto. Mas Hulkenberg insistiu que a mudança no companheiro de equipe não teve nenhum impacto sobre o quanto ele estava forçando.

“Seria pouco profissional se eu tivesse sido relaxado no início da temporada, porque eu estava seguro”, disse ele a Autosport. “Eu não acho que se na primeira metade da temporada, e algumas das minhas voltas de classificação, que eu teria sido melhor se tivesse outro companheiro de equipe mais próximo de mim”.

“Eu simplesmente não acredito nisso. Estou convencido de que não é assim”.

Hulkenberg reconheceu que ele e Sainz formaram uma forte dupla para a Renault ao entrar em 2018.

“Ele está forçando e eu ainda estou forçando, estamos nos forçando para o benefício da equipe”, disse ele. “Ele está dando bons feedbacks à equipe também”.

“Dois caras, ao invés de um, forçando tudo para a frente, são realmente importantes para uma equipe”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.