F1 – Hulkenberg: Corridas ainda não serão de “pé embaixo”

quarta-feira, 22 de março de 2017 às 12:20
Nico Hulkenberg

Nico Hulkenberg

As corridas da Fórmula 1 ainda não serão a plena aceleração em 2017, apesar dos pneus de menor degradação, diz Nico Hulkenberg.

Os novos compostos com baixa degradação vieram com as novas regras de 2017, depois de anos de queixas de pilotos sobre ter que cuidar dos pneus durante as corridas.

Mas quando perguntado por Autosport se os pilotos serão capazes de forçar mais em 2017, Hulkenberg respondeu: “Talvez. Eu penso que ainda não podemos acelerar tudo o tempo todo ou pagaremos um preço alto”.

Hulkenberg disse que os pneus de alta degradação o forçou a uma abordagem muito diferente ao usar compostos de baixa degradação quando correu no Campeonato Mundial de Endurance em 2015.

“Fiquei surpreso quando testei o Porsche e na primeira corrida em Spa. Eu tive que aprender”, disse o alemão, que ganhou as 24 Horas de Le Mans. “Inicialmente eu não estava no ritmo, porque estava dirigindo muito conservador porque estava acostumado com os pneus da F1. Se você derrapa e é um pouco agressivo demais, vai para trás em algum momento”.

“Mas esse não era o caso no carro LMP”.

“A coisa surpreendente que aprendi é que podia mantê-lo no limite o tempo todo, não perdia aderência. É completamente diferente”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.