F1 – Horner reitera pedido para Liberty dar o ultimato

terça-feira, 3 de abril de 2018 às 12:11

Christian Horner

Christian Horner, da Red Bull, acredita que cabe à Liberty Media e à FIA decidir os regulamentos de 2021, e depois dar às equipes a opção de se inscrever ou não.

A Liberty Media, que assumiu o controle da Fórmula 1 no início da temporada passada, deve colocar seu projeto para o futuro da categoria na mesa já no GP do Bahrain deste fim de semana.

A Ferrari já avisou que pode se afastar se não estiver satisfeita com as novas regras, enquanto a Mercedes pode se juntar à Scuderia para começar uma série rival.

Mas seja qual for o custo, Horner calcula que o único caminho a seguir é que a Liberty e a FIA decidam os novos regulamentos de 2021, já que as equipes não chegarão a um consenso.

“Tentando obter um consenso entre as equipes que têm objetivos variados, configurações diferentes, vai ser impossível”, disse ele. “Então, cabe ao detentor dos direitos comerciais e à FIA se reunir, criar um conjunto de regras – qual é o quadro financeiro, qual é a distribuição que eles querem ter – colocar na mesa e dependerá das equipes se querem se inscrever para isso ou não”.

“É claro que haverá muito posicionamento, a mídia será usada, a história se repetirá e acontecerá a cada cinco ou seis anos, toda vez que o Acordo de Concorde for renovado”.

“Mas meu sentimento é que, Liberty, junto com a FIA, precisa pegar o mesmo pedaço de papel para dizer que é isso que queremos que a Fórmula 1 seja, essa é a distribuição financeira em torno dela, aqui está o acordo e apresentá-lo às equipes”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.