F1 – Horner: Red Bull não pode liberar seus pilotos

quinta-feira, 21 de setembro de 2017 às 13:25
Max Verstappen, Daniel Ricciardo e Christian Horner

Max Verstappen, Daniel Ricciardo e Christian Horner

O chefe da Red Bull, Christian Horner, enfatizou que Carlos Sainz continua “muito firmemente” a fazer parte dos planos futuros da equipe, apesar de ser emprestado à Renault para a temporada de 2018.

Como parte da separação da Toro Rosso com a Renault para o próximo ano, para obter um fornecimento de motor Honda, Sainz vai juntar-se à equipe de fábrica francesa em empréstimo, permanecendo sob o guarda-chuva da Red Bull.

O movimento é visto como um plano reserva para a Red Bull se Daniel Ricciardo ou Max Verstappen sairem no final do próximo ano, com ambos os pilotos fora de contrato para 2019.

Horner sublinhou que a Red Bull não poderia simplesmente liberar os seus pilotos, enfatizando a necessidade de manter uma opção sobre Sainz no futuro.

“Tivemos muitos pedidos para muitos dos nossos pilotos e acontecem em uma base diária ou semanal”, disse Horner à Sky Sports.

“Quando a música parar, ficará claro, mas precisamos ser pacientes. Eles não estão disponíveis, eles podem ser emprestados ou alugados, mas não podem ser liberados. Isso é algo que não vai acontecer”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.